Categorias
Notícias

Protestos pelo mundo fazem um 8 de Março histórico

Dezenas de milhares de mulheres saíram às ruas das principais cidades brasileiras neste 8 de março para exigir liberdade, igualdade de direitos e democracia, e protestar contra as discriminações, contra a violência machista e contra a retirada de direitos do governo misógino e ilegítimo de Temer.

No Dia Internacional da Mulher o feminismo mostrou sua força em todos os cantos do mundo, com maior ou maior intensidade, alcançando proporções históricas na Espanha, onde seis milhões de mulheres fizeram uma greve nacional com o apoio dos sindicatos e dos partidos progressistas.

No Brasil, a maior manifestação foi realizada na avenida Paulista, em São Paulo, reunindo 15 mil pessoas. Em Brasília, milhares de mulheres fizeram uma marcha pela Esplanada dos Ministérios para denunciar a retirada de direitos pelo governo não eleito, reivindicar igualdade e defender a democracia. No Rio, a manifestação também denunciou a intervenção militar.

Veja aqui resumo das manifestações elaborado pelo Portal da CUT.

E confira aqui matéria do El País sobre o Dia Internacional da Mulher na Espanha e no mundo.

Leia também:

8 de março é dia de luta das mulheres contra a violência, por igualdade de direitos e pela democracia

Pesquisa Contraf/Dieese aponta discriminação contra as mulheres no sistema financeiro

8 de março, símbolo da luta pela emancipação das mulheres

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *