A prática do assédio vem se tornando cada vez mais relevante, pois esses comportamentos afetam a sociedade de modo geral, devido aos impactos negativos que causa à saúde, ao bem-estar das vítimas e aos afastamentos. Em razão dos destaques da mídia nacional, já temos legislação que trata do assunto.

É intolerável a prática do assédio moral, sejam em relações interpessoais, nas empresas e, em especial, dentro das organizações de saúde, como vem acontecendo na UNIDADE DA CASSI NO DISTRITO FEDERAL. Há denúncias graves por parte de funcionários, chegando ao Ministério Público do Trabalho, pelo comportamento do gestor Mário Tavares, o qual desde que assumiu o cargo transformou o ambiente que deveria cuidar de pessoas  num ambiente hostil, causador de danos físicos e emocionais aos funcionários da CASSI.

Tal comportamento ultrapassou os limites da irresponsabilidade, chegando ao nosso conhecimento, e estamos solicitando providências por parte da direção da Entidade.

EnFrente DF

Publicado por Enfrente

A Frente Nacional de Resistência e Ação Sindical Bancária (EnFrente), defende os princípios de um sindicalismo democrático, classista, autônomo, de massas e de luta. Queremos radicalizar a democracia e buscar uma forma horizontal de construção de lutas, pautas, mobilizações e enfrentamentos aos ataques contra os direitos dos trabalhadores e trabalhadoras brasileiros.

Participe da discussão

2 comentários

  1. Conheço e já trabalhei com o Mario Tavates.
    É um colega competente, leal e exigente.
    Há que se tomar cuidado para não cometermos injustiça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *